Tropicália MPB: Guilherme Kastrup apresenta Kastrupismo no Aúdio Rebel de Botafogo (RJ).

resenha audio rebel guilherme kastrup

Por Daniel Achedijian.

O Audio Rebel é uma casinha no bairro de Botafogo (RJ), que abriga um estúdio e uma lojinha de instrumentos. Já faz alguns anos que lá se produzem grupos independentes, mas, mais recentemente, é um lugar privilegiado de artistas que frequentam, em São Paulo, clubes como Mundo Pensante, Puxadinho da Praça, Casa de Francisca, Serralharia ou Grazie a Dio […]

Lá passaram em 2013, entre outros, os membros de Passo Torto, Rodrigo Campos e Alice Caymmi, e, em breve, Arrigo Barnabé. Podemos nos perguntar, aliás, se o espaço onde cabem umas 50 pessoas bem entulhadas – em pé – não seria muito pequeno para o autor de “Clara Crocodilo”.
Neste quinta 30 de janeiro, o baterista e percussionista Guilherme Kastrup apresentou no lugar seu primeiro trabalho solo «Kastrupismo» (2013), um dos álbuns instrumentais mais aclamados do ano passado.

O músico, na faixa dos 40 anos, já acompanhou a nata da MPB como Ney Matogrosso, Vanessa da Mata, Gal Costa, Ana Carolina, Arnaldo Antunes, Adriana Calcanhotto ou Zizi Possi. Mas ele também assume o papel de produtor para artistas da nova geração como Andrea Dias ou Márcia Castro.
Para ler na íntegra acesse: http://www.tropicalia.be/pt/2014/02/Guilherme_Kastrup_apresenta__Kastrupismo____No_Audio_Rebel_de_Botafogo__RJ_/532/