Guilherme Kastrup – Resenha Jardim Elétrico

guijardimeletrico

Kastrupismo – Podia até ser considerado um verbo. Porque é fácil de ser conjugado. É simples, humano e natural. Como se aquela percussão toda fosse o baticum do nosso coração que vai ressoando junto com a música. Mesmo ritmo, mesma toada. Traz uma dose meio ancestral, como se tudo fosse de um tempo passado em que não vivemos, mas nos lembramos. Sim, é isso. É o que melodia nos faz sentir.

Daí, surge a letra. Agora tem palavra. Agora é melodia e canção. E aí, tem outras doses tantas de influências contemporâneas. Então, como pode isso? Fiquei pensando aqui. Um cara que faz diálogo virar música, que faz palavra puxar palavra, que versa sobre um montão de coisas. Sei lá, deu um nó. Então, fui buscar na fonte.

Para ler mais acesse: http://www.jardimdampb.com.br/guilherme-kastrup/